As autoridades japonesas deteram dez casos de Coronavírus num cruzeiro em quarentena no porto de Yokohama, esta quarta-feira.

O ministro da Saúde japonês afirmou que o número pode subir durante as análises aos passageiros e tripulação.

A bordo do cruzeiro estão cerca de 3,700 pessoas. 

O número de mortos provocados pelo novo coronavírus (2019-nCoV) subiu esta terça-feira para 490, com 64 mortes registadas na China nas últimas 24 horas, anunciaram as autoridades de saúde de Pequim.

De acordo com as autoridades chinesas, citadas pela agência Associated Press, o número total de pessoas infetadas com o novo coronavírus, detetado em dezembro de 2019 na cidade de Wuhan, capital da província de Hubei (centro do país), colocada, entretanto, sob quarentena, aumentou para 24.334.

/ HCL