Chama-se "A Primeira Tentação de Cristo" e está a gerar muita polémica no Brasil. Um episódio de Natal do grupo de humoristas Porta dos Fundos, feito para a Netflix, retrata a figura de Jesus como homossexual, o que deixou várias comunidades religiosas irritadas.

Num vídeo partilhado pelo deputado estadual Frederico D'Ávila, três parlamentares afirmam que vão pedir uma comissão de inquérito para investigar este caso, afirmando que "se não respeitam a fé, vão respeitar o peso da lei".

O pedido de inquérito é encabeçado por Frederico D'Ávila, Tenente Nascimento e Altair Moraes. Os dois primeiros são do Partido Social Liberal, que elegeu o atual presidente, Jair Bolsonaro.

Respeitem a família brasileira", dizem.

 

Um dos membros da Porta dos Fundos, Gregório Duvivier já veio referir-se com ironia à polémica.

 
/ AG