NOTÍCIA ACTUALIZADA

Um voo da Continental Airlines, que fazia a ligação entre Bruxelas e Newark, teve de aterrar de emergência depois de o seu piloto ter morrido no ar, informa a estação de televisão da WCBS-TV, de Nova Iorque.

O Boeing 777 fez uma aterragem de emergência no Aeroporto «Liberty International», sendo que oficiais da administração federal de aviação explicaram que o voo 61 foi conduzido pelo co-piloto. O piloto foi declarado morto por um médico que seguia a bordo e conduzido para a zona de descanso da tripulação.

Segundo a companhia aérea, o homem de 61 anos terá morrido de causas naturais. Natural de Newark, tinha 21 anos de serviço para a Continental Airlines.

Um passageiro de primeira classe disse à «CBS» que só soube da morte do piloto depois de ter desembarcado, dado que não houve qualquer anúncio durante o voo.
Redação / FC