A embaixadora dos Estados Unidos nas Nações Unidas apresentou, esta terça-feira, a demissão. Nikki Haley apresentou a demissão ao presidente Donald Trump, que aceitou e adianta que Haley vai deixar o cargo no final do ano. 

Donald Trump acrescentou ainda que a antiga governadora da Carolina do Sul pediu para sair há seis meses, porque necessitava de descanso, avança a Reuters. Num anúncio na sala oval, na Casa Branca, Donald Trump elogiou o trabalho desenvolvido por Nikki Haley e adiantou que espera que possa integrar a sua administração noutras funções. 

Nikki Haley já fez saber que não se vai candidatar às presidenciais norte-americanas, mas vai, antes, fazer campanha por Donald Trump. 

Apesar do apoio a Marco Rubio nas primárias de 2016 e de, mais tarde, ter apoiado Ted Cruz, Nikki Haley foi nomeada embaixadora dos Estados Unidos na ONU depois da eleição de Donald Trump. 

Sobre o sucessor de Nikki Haley nas Nações Unidas, Donald Trump fez saber que tem vários nomes que gostaria de ver no cargo.