À semelhança do que está a acontecer em vários países do mundo, também a Nova Zelândia já deu mais um passo para aliviar as restrições no país, devido à pandemia do novo coronavírus.

Milhares de empresas reabriram esta quinta-feira, com alguns cabeleireiros a registarem enormes filas à meia-noite.

Lojas, cafés e parques públicos estão todos abertos, à medida que o país avança para o Nível 2 das suas restrições descritas como “uma nova rotina segura”.

De acordo com a BBC, a Nova Zelândia não registou novos casos do novo coronavírus nos últimos três dias e as autoridades dizem que, agora, as hipóteses de transmissão na comunidade é “muito baixa”.

As regras determinam que as pessoas podem começar a rever os seus familiares e amigos, mas não pode haver grupos superiores a 10 pessoas.

Os desportos profissionais também estão de volta, ainda sob fortes medidas de segurança. E para aqueles que querem libertar a tensão depois do confinamento, os ginásios também já reabriram.

Em algumas zonas do país foram registadas várias multidões em centros comerciais, mas para outros, um passeio à beira-mar foi a primeira coisa que fizeram.

A primeira ministra tem recebido felicitações pela rápida resposta à pandemia.

Até agora, a Nova Zelândia registou 1.497 casos de infeção pelo novo coronavírus

Lara Ferin