Os bombeiros de Tulsa, no Oklahoma, Estados Unidos, receberam queixas de um corpo que se encontrava no rio de Arkansas. No entanto, quando a equipa de resgate chegou ao local, num barco, foi surpreendida por um homem, vivo, deitado no rio, na esperança de se arrefecer e aguentar as altas temperaturas. 

Num post do Facebook, o corpo de bombeiros de Tulsa alertou para o facto de o rio poder ter zonas mais baixas mas, ainda assim, ser potencialmente perigoso em algumas zonas. 

O apelo terminava na esperança de que todos se mantenham em segurança e que tentem encontrar outras alternativas para aguentar a vaga de calor, que por esta altura deixa os termómetros a rondar os 36 graus na zona.

/ IM