Um ataque dos Estados Unidos no noroeste da Síria contra um grupo da Al-Qaida causou 14 mortos, disse hoje o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), organização não-governamental sediada no Reino Unido.

As Forças dos EUA realizaram um ataque contra um grupo de altos membros da Al-Qaida na Síria, que se reuniram perto de Idleb", disse a comandante Beth Riordan, porta-voz do Comando Central do Exército norte-americano.

 

A eliminação desses líderes da Al-Qaida na Síria vai reduzir a capacidade da organização terrorista de planear e executar ataques que ameacem cidadãos americanos, os nossos aliados e civis inocentes", acrescentou, em comunicado.

A porta-voz norte-americana não especificou o número de mortos, mas, de acordo com a OSDH, o ataque do drone teve como alvo um comício em Jakara e fez pelo menos 14 mortos.

O ataque ocorreu na província de Idleb, o último bastião hostil ao regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad, que abriga grupos liderados pelo movimento Hayat Tahrir al-Cham, antigo braço sírio da Al-Qaida e que domina zonas rebeldes.

/ HCL