Dois capacetes azuis marroquinos da força da ONU na República Centro Africana foram mortos no sudeste do país por homens armados que atacaram a sua coluna, anunciou hoje a missão em comunicado.

A coluna da missão das Nações Unidas, designada por MINUSCA (Missão Integrada Multidimensional de Estabilização das Nações Unidas na República Centro Africana) foi atacada na terça-feira a cerca de 60 quilómetros da localidade de Obo.

Dois soldados da paz perderam a vida, enquanto outros dois ficaram feridos e receberam os tratamentos adequados”, segundo a MINUSCA.

A organização acrescentou que “os autores do ataque fugiram para o mato”.