Dois adolescentes israelitas descobriram um tesouro com mais de mil anos.

Os jovens encontraram centenas de moedas de ouro que estavam guardadas num vaso de barro. A descoberta foi feita após os dois se terem voluntariado para participar numa escavação no centro de Israel, onde está planeada a construção de um novo bairro.

“A pessoa que enterrou este tesouro há 1.100 anos deve ter tido esperança de o voltar a encontrar, uma vez que o vaso estava preso com um prego para que não se movesse”, disse o diretor da escavação, Liat Nadav-Ziv, citado pelo The New York Times.

“Foi incrível. Estava a escavar e quando olhei vi o que pareciam ser umas folhas muito finas. Quando olhei melhor, vi que eram, moedas de ouro. Foi muito emocionante encontrar um tesouro tão especial e antigo”, disse Oz Cohen, um dos voluntários.

Ao todo foram encontradas 425 moedas de ouro puro de 24 quilates, com um peso de 845 gramas.

"Com essa quantia, uma pessoa poderia comprar uma casa luxuosa num dos melhores bairros de Fustat, a enorme e rica capital do Egito naquela época", disse um especialista em moedas da Autoridade de Antiguidades de Israel.

 
 
Lara Ferin