O número de vítimas mortais do terramoto seguido de um tsunami nas Sulawesi, Indonésia, aumentou para mais de 1.500, anunciou a Agência Nacional de Gestão de Desastres indonésio, em novo balanço.

De acordo com as autoridades indonésias, o número de mortos subiu para 1.558, na quinta-feira à noite. O anterior balanço apontava para 1.424.

O terramoto de magnitude 7.5 e o tsunami que se registou posteriormente atingiram a costa da ilha Sulawesi, no norte do arquipélago indonésio, na passada sexta-feira.

As autoridades de Jacarta concentram, neste momento, todos os esforços na cidade de Palu (Sulawesi) na tentativa de encontrar sobreviventes da tragédia.

Segundo o Gabinete de Coordenação de Assuntos Humanitários das Nações Unidas mais de 200 mil pessoas, entre as quais milhares de crianças, necessitam de ajuda urgente.

As estimativas oficiais indicam também que 66 mil residências e edifícios ficaram destruídos.