Uma equipa de investigadores anunciou ter detetado o primeiro caso confirmado de reinfeção pelo novo coronavírus.

De acordo com o The New York Times, trata-se de um homem de 33 anos, que voltou a testar positivo para a doença mais de quatro meses depois de ter sido infetado a primeira vez. A segunda infeção foi detetada após o regresso de uma viagem a Espanha.

“Um paciente jovem e aparentemente saudável registou um segundo caso de infecção por covid-19 que foi diagnosticado 4,5 meses após o primeiro episódio”, anunciaram os investigadores da Universidade de Hong Kong em comunicado citado pelo The New York Times.

O caso que agora foi revelado preocupa os investigadores devido à possibilidade de que a imunidade ao novo coronavírus possa durar apenas alguns meses.

A par disto, revela o jornal, a descoberta poderá ter ainda consequências na altura de desenvolver uma vacina contra a covid-19.

Note-se que já tinham sido reportados vários casos de reinfeção nos Estados Unidos, mas nunca foram cientificamente comprovadas.

Em todo o mundo, há registo de quase 7 milhões de casos ativos de covid-19 e mais de 800 mil mortos.

Lara Ferin