A França registou 418 mortos nas últimas 24 horas, um dos maiores números desta segunda vaga, e 52.518 casos confirmados do novo coronavírus, o mais elevado até esta data, indicaram hoje as autoridades sanitárias.

Os responsáveis desta área revelaram um novo número de mortos, um dos mais altos desde a intensificação da propagação do vírus em outubro, apenas superado na terça-feira pelas mais de 500 vítimas mortais contabilizadas, apesar de metade incluir os falecimentos em lares de terceira idade, acumulados durante toda a semana.

O total do número de mortos no país já se situa nos 37.435.

Os contágios de hoje ultrapassam os 46.290 anunciados no domingo. Desde o início da pandemia foram registados 1.466.433 contágios no país, e a taxa de testes positivos situou-se pelo terceiro dia consecutivo acima dos 20%, ao atingir 20,6%.

Nos últimos sete dias registaram-se 17.683 novos internamentos hospitalares, com 2.678 pessoas enviadas para as unidades de cuidados intensivos em estado grave.

Na passada sexta-feira o Governo decretou um confinamento com um mínimo de um mês de duração, após considerar a larga maioria dos distritos (departamentos) do país em situação de vulnerabilidade face ao vírus.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,2 milhões de mortos e mais de 46,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Portugal contabiliza 2.590 mortos em 146.847 casos de infeção.

/ AM