Um jovem desempregado começou uma iniciativa para ajudar transportar os idosos que não têm como se deslocar aos centros de vacinação da covid-19, no sul do Rio de Janeiro, no Brasil. Pedro Henrique Braz aproveitou o período de inatividade profissional para se disponibilizar a ajudar os idosos de forma gratuita e já ajudou mais de 60.

O jovem de 27 anos, que trabalhava como supervisor de comunicação, teve a ideia de ajudar a população mais velha e mais vulnerável depois de tomar conhecimento que, para muitos cidadãos, a mobilidade era um problema.

Muita gente ainda não tinha ido tomar a vacina porque não tinha carro para levar ou não tinha parente próximo para o levar”, afirmou o jovem em declarações à CNN Brasil.

A situação lembrou-o de uma ocasião em que precisou de transporte para o avô, mas, na altura, não tinha transporte próprio. Nesse dia, saiu à rua para pedir ajuda para o avô, mas “ninguém se dispôs a ajudar”. Agora, mesmo estando desempregado, quer poder ajudar quem mais precisa.

Mesmo a meio de uma dificuldade, vi que não custava nada apertar um pouquinho e fazer uma boa ação”, sublinhou o jovem.

Ao todo, a iniciativa de Pedro já fez com que mais de 60 idosos pudessem tomar a tão preciosa vacina.

Redação