Última actualização às 12:18

Duas explosões num campus universitário da capital do Paquistão, Islamabad, mataram pelo menos quatro pessoas e causaram ferimentos em 18.

De acordo com a BBC, que cita o superintendente da polícia Abdul Ghafar Quaiserani, os engenhos foram detonados por dois bombistas suicidas. Os rebentamentos terão ocorrido na cantina das mulheres e no departamento de Direito da Universidade Internacional Islâmica.

A correspondente da BBC em Islamabad, Orla Guerin, diz que o edifício de Direito apresenta um enorme buraco na parede principal, causado pela explosão.

O presidente do país, Asif Ali Zardari, e o primeiro-ministro, Yusuf Raza Gillani, já condenaram este ataque.

Este atentado é o primeiro desde o início da ofensiva do exército paquistanês contra os talibã na região do Vaziristão do Sul, n o noroeste do país.
Redação / CR/HB