Há um vídeo, gravado no Paquistão, e só agora divulgado, que está a chocar e a indignar as redes sociais. No sábado, uma jovem estava a gravar um vídeo para o TikTok, com o propósito de celebrar o Dia da Independência, quando foi cercada e violentamente agredida por uma multidão de homens. O caso aconteceu na cidade de Laore.

De acordo com o The Independent, a jovem estava com mais seis amigos, em frente ao famoso monumento Minar-e-Pakistan. Depois do incidente, decidiu apresentar queixa numa esquadra da polícia, dizendo que foi cercada por 300 a 400 homens e que tentou fugir por várias vezes.

No vídeo, é possível ver esta mulher a ser agarrada e empurrada para o meio da multidão, tendo depois sido agredida.

Também os amigos da vítima foram interpelados e ficaram sem os telemóveis e os documentos de identificação. A jovem disse ainda que lhe levaram os brincos e os anéis. 

As pessoas estavam a empurrar-me e a puxar-me ao ponto de me conseguirem rasgar a roupa. Algumas tentaram ajudar-me, mas a multidão era enorme e eles continuavam a atirar-me ao ar", escreveu na denúncia feita às autoridades. 

Várias celebridades do Paquistão têm partilhado o vídeo e mostrado o desagrado com a falta de segurança das mulheres no país. 

Redação / IM