Face à evolução da pandemia, o governo francês declarou, esta quarta-feira, o Estado de Emergência, com recolher obrigatório, entre as 21h00 e as seis da manhã.

O recolher obrigatório foi anunciado pelo Presidente Emmanuel Macron e vai ser aplicado a nove regiões francesas a partir de sábado e pode vir a durar até seis semanas.

Macron considerou esta noite, em entrevista em direto à televisão francesa, que o recolher obrigatório é "pertinente", mas que um novo confinamento seria "desproporcional".

O recolher obrigatório vai ser instaurado das 21:00 às 06:00 a partir de sábado na região de île de France (região parisiense), Lille, Ruão, Saint-Etienne, Toulouse, Lyon, Grenoble, Aix-en-Provence e Montpellier. 

Lara Ferin