A adega do famoso restaurante Maison Rostang, no centro de Paris, foi assaltada na segunda-feira, tendo sido levadas, pelo menos, 150 garrafas de vinho premiado.

O assalto, que causou um prejuízo avaliado em cerca de 600 mil euros, está já a ser investigado pela polícia judiciária francesa.

Os funcionários do restaurante, que tem duas estrelas Michelin, deram pelo roubo quando se depararam com um buraco de 50 cm na parede da adega, que estava a ser renovada.

Entre as garrafas de vinho roubadas estarão os conhecidos Petrus e Romanée-Conti, considerados dos mais caros do mundo.

Um dos destaques deste espaço é, precisamente, a carta de vinhos. De acordo com o site do restaurante, que fica perto do Arco do Triunfo, a adega do Maison Rostang tem mais de 50.000 garrafas de vinho. 

Já em 2017 tinha acontecido um assalto semelhante em Paris, então através de um túnel.