Centenas de pássaros morreram na sequência de um espetáculo pirotécnico, em Roma, Itália, durante a noite da passagem de ano.

Imagens das ruas em redor da principal estação de comboios da capital, Termini, mostram centenas de pássaros caídos no chão, mortos, na sua maioria estorninhos.

Apesar de os motivos da morte não serem claros, Loredana Diglio, porta-voz oficial da Organização Italiana de Proteção dos Animais, acredita que os pássaros tenham morrido “de medo”.

Eles podem voar juntos e bater uns nos outros, ou atingir janelas ou cabos de alta tensão. Mas não nos podemos esquecer que eles podem morrer de ataques cardíacos”, afirmou a ativista, citada pela imprensa.

ROME, ITALY: The terrible consequence of fireworks! A NEW HUMAN FAIL!Urge a ban!!! #oipainternational...

Publicado por OIPA International em  Sexta-feira, 1 de janeiro de 2021

O fogo de artifício, lançado por populares, não cumpriu as regras impostas pelo governo, que tinham proibido este tipo de espetáculos durante a passagem de ano, como parte de um grupo alargado de medidas restritivas para combater a pandemia de covid-19 e evitar ajuntamentos nas ruas.

A organização apelou ainda às autoridades para que o município de Roma imponha a proibição do uso de fogo de artifício para uso pessoal, devido à ameaça que pode causar aos animais.

Para minimizar qualquer impacto adverso de fogos de artifício sobre as aves, pedimos aos organizadores destes espetáculos que evitem o lançamento de foguetes perto de áreas sensíveis da vida selvagem, como reservas naturais e locais de nidificação e poleiro para pássaros selvagens”, sublinha a organização.