O Reino Unido avançou esta segunda-feira para o derradeiro passo do desconfinamento, em grande parte baseado naquilo que é o sucesso da vacinação contra a covid-19.

Apesar disso, os dados do principal conselheiro do Governo britânico apontam que há muitos casos de pessoas totalmente vacinadas que estão internadas.

Com efeito 60% das pessoas internadas ainda não foram vacinadas, segundo avançou Sir Patrick Vallance. O número inicialmente avançado tinha sido de 60% de pessoas internadas com a vacinação completa, mas o especialista acabou por corrigir os dados mais tarde.

O especialista não clarificou qual a tipologia de vacinação relativa aos outros 40%, ou seja, não se sabe se são pessoas com uma dose ou com a vacinação completa.

Na semana passada a barreira diária ultrapassou mesmo os 50 mil casos, mas para já os efeitos no Serviço Nacional de Saúde não são muito graves. De resto, com um número de infeções semelhante, morriam mais de mil pessoas por dia em janeiro. Agora, com os mesmos 40/50 mil casos, há dias (como esta segunda-feira), em que as vítimas mortais não ultrapassam as 20.

Os dados de Patrick Vallance foram divulgados durante uma conferência de imprensa com o primeiro-ministro.

Afirmando não estar supreendido, o especialista lembrou que nenhuma vacina é 100% eficaz.

António Guimarães