Lisa Montgomery deverá ser a primeira mulher a ser executada nos Estados Unidos em mais de seis décadas. Foi condenada à pena capital por ter matado uma mulher grávida em ter roubado o bebé, em 2004, no noroeste do Missouri.

A data da execução foi agendada este sábado para dia 8 de dezembro. Se não houver qualquer revés, será a primeira vez que uma mulher é executada nos EUA desde 1953.

De acordo com o Departamento de Justiça dos EUA, Lisa Montegomery confessou o crime e esgotou todos os recursos.

O crime remonta a 2004. Lisa foi condenada pela morte de uma grávida e roubo do bebé, no noroeste do estado do Missouri. Estrangulou a vítima até à morte e depois cortou-lhe o abdómen e retirou o bebé.

Após o crime, foi para casa e fez passar o bebé por seu filho.

A defesa alegou que Lisa sofria de gravidez psicológica, mas a acusação conseguiu provar que o crime foi premeditado, já que o seu histórico de internet provava que ela havia feito pesquisas de como realizar cesarianas.

A criança, que sobreviveu ao ataque, hoje tem 16 anos de idade.

Manuela Micael