Um idoso de 85 anos protagonizou um momento caricato numa clínica ao dançar de alegria após receber uma vacina contra a covid-19.

O peruano José Luis Macedo disse que está ansioso para voltar à discoteca para dançar mais.

Nós queremos a vacina para podermos ficar bem. Tudo que queremos é ficar bem, e, no meu caso, quero divertir-me: conversar com os meus amigos, ficar com a minha família, ir à discoteca e dançar”, disse Macedo, que recebeu a primeira dose da Pfizer esta segunda-feira.

 

 

José Luís Macedo explicou ainda que foi receber a vacina acompanhado pelo seu filho, de 60 anos, e sublinhou que as suas habilidades na dança são devido a uma vida de alimentação saudável, sem fumar ou beber.

O segredo, explica o idoso, é permanecer sempre fisicamente ativo, “seja a dançar, a patinar ou a jogar ténis de mesa”.

O Peru deu início à sua campanha de vacinação no início de fevereiro, após um atraso em relação aos países vizinhos em garantir contratos com as farmacêuticas.

A administração de vacinas no país é prioritária em profissionais de saúde, polícias ,militares e em 5,3 milhões de idosos.