Um jovem de 19 anos acabou detido após apalpar uma mulher enquanto esta andava de bicicleta, na passada terça-feira. O incidente ocorreu no estado do Paraná, no Brasil.

A Polícia Civil brasileira deteve o suspeito horas depois do crime, tendo apreendido o veículo e identificado os outros três passageiros da viatura. O caso vai agora seguir os trâmites legais e investigado pelos crimes de importunação sexual e lesão corporal.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu em flagrante um homem, de 19 anos, por importunação sexual contra uma mulher que estava a andar de bicicleta, em Palmas, região Sudoeste do Estado. A captura ocorreu esta terça-feira, o indivíduo foi localizado, horas após o crime, no bairro onde mora, naquele município", pode ler-se no site da Polícia Civil do Paraná.

Após o sucedido, Andressa Rosa Lustosa acabou por ficar com ferimentos ligeiros. A vítima de 21 anos e estudante de direito, apresentou queixa junto das autoridades e tentou obter imagens de câmaras de vigilâncias que tivessem registado o incidente.

Nós mulheres não temos um minutos de paz! Saí de casa para andar de bicicleta e volto toda machucada por uma atitude covarde dessas! Todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas”, disse a vítima nas redes sociais.

Andressa tem recebido um forte apoio nas redes sociais. Uma dessas manifestações foi do senador federal Alvaro Dias, que recorreu ao Twitter para manifestar "solidariedade e empatia" à vítima que foi "importunada sexualmente".

Nuno Mandeiro