Dois atentados suicidas visaram esta segunda-feira de manhã os postos de polícia no Sul e oeste do Afeganistão, matando 10 pessoas, revelou fonte oficial, escreve a Lusa.

O primeiro ataque ocorreu frente ao bairro geral da polícia em Lashkar Gah, a capital da província de Helmand, no sul do país, um bastião dos talibãs.

¿Recebemos os corpos de nove pessoas mortas na explosão¿, declarou Enayatullah Ghafari, responsável dos serviços de saúde na cidade, que também apresentou um balanço de 25 feridos. «A maior parte das vítimas são polícias», acrescentou.

Na província vizinha de Farah, mais ao oeste, outro posto de polícia foi visado num ataque semelhante no distrito de Delaram.

«Um polícia foi morto e três pessoas ficaram feridas», indicou um porta-voz da polícia local, Abdul Rauf Ahmadi.

Estes atentados ocorrem após um fim-de-semana mortífero para as forças internacionais no Afeganistão, que perderam nove soldados.

As violências dos rebeldes afegãos, entre os quais os talibãs afastados do poder no final de 2001 por uma coligação liderada pelos Estados Unidos, redobraram de intensidade nos últimos dois anos apesar da presença no país de 75.000 soldados estrangeiros.