Um veado morreu, no Japão, com mais de 3 quilos de plástico no estômago, de acordo com a Associação Nara Deer Welfare.

Numa publicação deixada no Twitter do famoso parque de veados japonês, a organização contou que o animal foi encontrado com vida, perto do templo de Todaiji, no dia 23 de março. Uma equipa de veterinários acolheu-o e fez os possíveis para salvá-lo, mas, no dia seguinte, o veado de 17 anos acabou por morrer, com apenas 30 quilos.

A autópsia revelou porque o animal se recusava a comer. Os veterinários encontraram uma massa de plástico rija dentro do estômago do veado, que acreditam ser maioritariamente composta de sacos de plástico. Este amontado de lixo pesava, por si só, 3,2 quilos.

Segundo a publicação da organização, os sacos que se acumularam no estômago animal tornaram impossível a ingestão e digestão de comida e, até, a regurgitação.

  

Este não foi o único animal a sofrer do mesmo destino nos últimos meses. Os veterinários autopsiaram oito veados que tinham morrido de causas desconhecidas e descobriram que seis deles também tinham plástico nos estômagos. A massa que ocupava o sistema digestivo de um dos veados pesava 4,3 quilos.

A associação alertou que alguns destes sacos podem ter sido levados por turistas, que muitas vezes carregam comida dentro deles.

/ SL