Uma pessoa foi baleada durante os protestos contra o Presidente eleito Donald Trump, nos Estados Unidos. A violência tomou conta de Portland, desde a noite de sexta-feira. 

O tiroteio aconteceu quando os manifestantes atravessavam a ponte Morrison daquela cidade do Estado do Oregon.  As informações prestadas pela polícia no Twitter dão conta que um homem que estava dentro do seu carro na ponte saiu do veículo e vários tiros foram disparados. Uma pessoa acabou baleada.


A polícia assegura que chegou rapidamente ao local da confusão e foi prestada ajuda médica até que uma ambulância chegou para transportar a vítima para o hospital de Portland. Os ferimentos em causa "não são fatais", lê-se no comunicado das autoridades.

O suspeito

É descrito como um afro-americano, jovem, magro, com uma camisola escura de capuz e calças de ganga. 

Acabou por fugir, "provavelmente no veículo descrito como cinza ou prateado", avisa a polícia.

"Saiam imediatamente!"

A situação mantém-se tensa e as autoridades já pediram às pessoas, através do Twitter, que abandonem a área de forma imediata.

Há registo de carros partidos, paragens de autocarro vandalizadas, árvores a arder, caixas de venda de jornais em chamas.