O corpo de Griselidis Real, que tinha 76 anos quando morreu, apenas dez anos depois de ter abandonado a prostituição, foi exumado de um outro cemitério em Genebra para a cerimónia que alguns - particularmente mulheres - consideraram ofensiva.

«Se todas as mulheres que têm crianças para criar sozinhas se virassem para a prostituição, a cidade de Genebra seria um bordel»



«Nenhuma mulher devia congratular-se com esta transferência que mais não é do que a exaltação de uma prostituta e da prostituição em geral pelos seus protectores masculinos»







A Igreja Protestante de Genebra