mais de 60 feridos












"Nós errámos. Nós não olhámos, e nós não ouvimos o suficiente. Entre os manifestantes nas ruas, estão alguns dos nossos melhores filhos e filhas: os melhores alunos, soldados que serviram no exército. Devemos-lhes respostas”.





(Protestos anti-racismo em Telavive - Reuters)




“Não estamos em Baltimore”


Baltimore foi palco de motins


(Protestos anti-racismo em Telavive - Reuters)



"É uma panela de pressão que explodiu. Há centenas de jovens etíopes com processos abertos pela polícia sem qualquer razão, e que arruínam as suas vidas. Eles são bons rapazes que querem chegar à frente, para estudar, para contribuir para o Estado, mas não podem ser soldados de combate, não estudam, são chamados de criminosos”



Uma história de racismo, discriminação e pobreza