A agência oficial norte-coreana considerou que os "comentários irresponsáveis" da China sobre o programa nuclear do país estão a testar a paciência de Pyongyang e podem ter "consequências sérias", numa rara critica direta a Pequim.

A China é o principal aliado e parceiro comercial da Coreia do Norte.

A [República Popular da Coreia] nunca vai implorar pela amizade da China, arriscando o seu programa nuclear, o qual é tão precioso como a sua existência, independentemente do quão valiosa é essa amizade", lê-se num comunicado da KCNA, citado pela imprensa internacional.

Em fevereiro, porém, Pequim suspendeu as importações de carvão oriundas do país vizinho, em linha com as sanções adotadas pelas Nações Unidas. A Coreia do Norte deixa o aviso.

A China não deve continuar a testar a paciência da RPC (...) e é melhor que pondere as graves consequências que podem resultar de um corte nas relações entre [os dois países]", acrescenta o comunicado.

/ EC