Um avião com 143 pessoas a bordo (136 passageiros e sete tripulantes) caiu num rio na noite de sexta-feira perto da cidade norte-americana de Jacksonville, na Florida, não havendo qualquer registo de mortos.

De acordo com a Estação Aérea Naval de Jacksonville, o charter da Miami Air International, que transportava militares e civis, levantou voo de Guantánamo, Cuba, e caiu no rio St. Johns na noite de sexta-feira.

O Boeing 737-800 tentou aterrar no aeroporto militar Naval Air Station Jacksonville durante uma tempestade, mas falhou a aterragem na pista acabando por cair ao rio, eram 21:40, hora local.

O avião foi encontrado em águas rasas e não estava submerso.

Segundo as autoridades da cidade, não houve feridos graves e apenas 21 pessoas foram transportados para hospitais locais com ferimentos ligeiros.

Segundo o relato de um passageiro, que considerou a experiência "assustadora", o avião fez uma "aterragem muito difícil".

Desceu e, literalmente, bateu no chão e saltou. Era claro que o piloto não tinha total controlo do aparelho. E voltou a saltar", descreveu.

Não se sabe ainda as razões que levaram à queda do avião.