É mais uma das muitas homenagens que estão a ser feitas a George Floyd.

O artista e ativista pop contemporâneo italiano, aleXsandro Palombo, que sempre usou a sua arte como ferramenta para apelar à consciência e reflexão sobre questões sociais e culturais, reuniu agora as personagens dos Simpsons para demonstrar o caso do afro-americano, que morreu às mãos de um polícia, em Minneapolis.

"Stop racism" é o apelo do artista, que agora nos apresentou uma nova versão dos Simpsons, sob o título “The Simpsons turn Black, I can’t Breath” (Os Simpsons tornaram-se negros, não consigo respirar).

Numa das imagens, o artista recria a morte de Floyd, mas com Homero Simpson com a pele negra, com o joelho do chefe Gregory no pescoço.

 
 

Noutra imagem, vê-se Bart Simpson, também com a pele negra, a ser perseguido pelo mesmo personagem.

 
 

Esta não é a primeira vez que aleXsandro Palombo se une à causa do combate à violência sobre afro-americanos nos EUA. O artista também recriou a morte de Eric Garner, que foi estrangulado por um polícia em 2014.

 
 
Lara Ferin