O Museu do Louvre anunciou na quarta-feira que recuperou duas peças de uma armadura do século XVI, que tinham ido roubadas em 1983, e vai voltar a expô-las ao público.

As peças são um capacete e uma couraça de ferro com incrustações de ouro, produzidas na região de Milão na segunda metade do século XVI.

Em 1 de maio de 1983, a vitrina em que as peças estavam apareceu destruída e as circunstâncias do desaparecimento continuam a ser desconhecidas.

As peças foram localizadas em Bordéus em meados de janeiro, no contexto de uma herança, quando o perito de antiguidades que estava no processo alertou a polícia da sua suspeita sobre a sua origem.

/ CE