A Alemanha está a planear reabrir os centros de vacinação e ativar a administração em massa da terceira dose da vacina contra a covid-19 face ao aumento continuado do número de casos, anunciou hoje o Governo.

"Temos de tornar possível a reabertura o mais rápido possível dos centros de vacinação que foram suspensos em setembro", defendeu o ministro da Saúde, Jens Spahn, em declarações ao jornal Rheinische Post, citadas pela agência espanhola Efe.

Jens Spahn propõe que seja enviada uma notificação aos maiores de 60 anos para receber a terceira dose da vacina tal como foi feito no arranque da campanha no início do ano.

O ministro do Governo cessante de Angela Merkel admite que o atual índice de vacinação é insuficiente e pede a convocação de uma cimeira entre o executivo e os estados federados para ativar a administração da terceira dose da vacina.

Merkel e o seu provável sucessor, o social-democrata Olaf Scholz, comprometeram-se a levar a cabo uma transferência harmoniosa de poderes, especialmente no que diz respeito à luta contra a pandemia.

Na Alemanha, 66,7% dos cidadãos têm a vacinação completa e não tem sido possível aumentar aquela percentagem, apesar dos múltiplos apelos do meio político aos cidadãos.

A covid-19 provocou pelo menos 4.992.831 mortes em todo o mundo, entre mais de 246,31 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

/ PP