O cargueiro italiano "Asso Trenta", com 232 migrantes resgatados no sábado, chegou hoje à Sicília, no sul de Itália, onde também desembarcaram 89 migrantes no domingo, informaram hoje os meios de comunicação italianos.

Os 232 migrantes resgatados pelo "Asso Trenta" - que estava previsto chegar ao porto no domingo, mas sofreu um atraso devido às más condições meteorológicas - serão submetidos a testes à covid-19 no cargueiro e, posteriormente, transferidos para o navio "Allegra", onde serão submetidos ao período de quarentena.

Há também um corpo no porão de carga, mas não foi informado se está relacionado com o resgate dos migrantes.

Além disso, neste domingo, desembarcaram em Lampedusa 89 migrantes, incluindo 16 mulheres e 12 crianças, além de Fátima, uma bebé nascida durante a difícil viagem da embarcação em que se encontrava.

Os 89 migrantes chegaram ao porto a bordo de um barco patrulha da guarda costeira italiana, após serem recolhidos pelo navio Vos Triton.

O navio "Aita Mari", da organização não-governamental espanhola Salvamento Marítimo Humanitário (SMH), chegou este domingo ao porto de Augusta, na ilha da Sicília (sul), onde permanece fundeado enquanto aguarda instruções das autoridades italianas para desembarcar os 102 migrantes salvos na sexta-feira passada.

. / Publicada por MM