Os profissionais de saúde ingleses vão ter de partilhar fatos protetores e equipamento de segurança devido à escassez desses materiais. É uma decisão da agência de saúde pública Public Health England que, na semana passada tinha dito que só seria tomada em “último recurso”.

A notícia é avançada pela BBC, num momento em que os fornecedores do serviço nacional de saúde do Reino Unido, o NHS, alertam que o equipamento pode esgotar nas próximas 24 horas.

O diretor do NHS alertou no Twitter que o país “chegou ao ponto em que o stock de fatos de proteção e equipamento de segurança será esgotado nas próximas 24 a 48 horas”.

A agência de saúde pública britânica mudou as orientações, que até agora impunham o uso de fatos protetores e equipamento de segurança descartáveis, e agora recomenda que, no caso de existir escassez de equipamento, os profissionais de saúde usem material de proteção lavável e não resistente a fluídos.

Segundo documentos visualizados pela BBC, as medidas foram consideradas esta semana para lidar com a “escassez aguda de materiais”.

De acordo com os últimos dados, o Reino Unido regista 14.576 vítimas mortais da pandemia da Covid-19.