O capitão Tom Moore, veterano britânico com 100 anos que ajudou a angariar milhões de euros para combater a pandemia de covid-19 e que acabou por ser internado na sequência de complicações da doença, morreu esta terça-feira.

A morte foi confirmada pelas filhas, Hannah e Lucy, num comunicado em que afirmam:


"O último ano de vida do nosso pai foi nada menos que notável. Ele rejuvenesceu e experimentou coisas com que sempre tinha sonhado. (...) Passámos horas a conversar com ele, relembrando a nossa infância e a nossa maravilhosa mãe. Partilhámos juntos risos e lágrimas."

Tom Moore ficou conhecido depois de ter dado várias voltas ao jardim, em abril de 2020, como forma de angariar fundos para o serviço nacional de saúde britânico. Então com 99 anos, conseguiu recolher quase 34 milhões de euros.

O veterano conseguiu mesmo bater o recorde do Guinness de voltas num jardim, acabando por ser ordenado cavaleiro pela rainha Isabel II.

Nas últimas semanas, o veterano desenvolveu uma pneumonia, tendo acabado por ser diagnosticado com covid-19 no domingo.


 

Maria João Caetano