É a mais recente descoberta que pode contar ainda mais sobre a história do mundo pré-histórico.

Uma equipa de arqueólogos descobriu um círculo de poços profundos perto do famoso monumento Stonehenge, no Reino Unido. A estrutura pré-histórica, que tem 1,9 km de diâmetro, é “uma obra-prima da engenharia”, dizem os especialistas.

O grande anel está localizado a cerca de três quilômetros de Stonehenge e os especialistas acreditam que ali era a morada daqueles que construíram um dos mais famosos monumentos do mundo.

Inicialmente, os cientistas chegaram a acreditar que se tratavam de poços naturais, mas com todos os estudos geofísicos efetuados, concluíram que tinham sido obras criadas pelo homem.

Cada um dos poços, que remonta ao período neolítico, tem mais de cinco metros de profundidade e 10 metros de diâmetro. Foram encontrados aproximadamente 20 poços mas pode haver mais.

"Esta é uma descoberta sem precedentes, de grande importância no Reino Unido. Os investigadores de Stonehenge e da sua paisagem foram surpreendidos pela escala da estrutura e pelo facto de ela não ter sido descoberta até agora, apesar de estar tão perto de Stonehenge”, disse o professor Vincent Gaffney, um dos principais arqueólogos do projeto, citado pelo The Guardian.

 
 

“O tamanho das covas e circuitos em redor das Durrington Walls é único. Isso demonstra o significado daquele local, a complexidade das estruturas monumentais na paisagem de Stonehenge e a capacidade e o desejo das comunidades neolíticas de registar os seus sistemas de crenças cosmológicas de maneiras numa escala que não conhecíamos”, acrescentou.

"Stonehenge tem uma ligação clara com as estações e a passagem do tempo, através do solstício de verão. Mas, com os poços de Durrington, não é apenas a passagem do tempo mas a delimitação de um círculo com significado cosmológico”, referiu.

Stonehenge é um dos monumentos mais visitados da Grã-Bretanha e recebe cerca de um milhão de visitantes todos os anos. O local tem estado encerrado devido à pandemia do novo coronavírus, mas prepara-se para reabrir já em julho.

Lara Ferin