No Reino Unido, milhares de pessoas saíram à rua em protesto contra a suspensão do parlamento britânico pedida por Boris Johnson Johnson e aprovada pela rainha Isabel II. Os manifestantes querem acima de tudo evitar um Brexit sem acordo, a 31 de outubro.

A maioria dos insatisfeitos junta-se aos portões do famoso edifício número dez de Downing Street, ou seja, a residência oficial do primeiro-ministro inglês.

Pelas ruas ouvem-se apelos à ocupação do edifício, ao bloqueio de estradas e pede-se a Boris Johnson que tenha "vergonha".

São esparados protestos um pouco por todo o Reino Unido, como em Manchester, York, Liverpool e Belfast.

A legalidade da decisão de Boris Johnson, em suspender o parlamento, já está a ser analisada em três tribunais. 

O líder do partido trabalhista, Jeremy Corbyn, prometeu que vai atuar, através da política, para travar essa suspensão.

/ CE