Foi uma estreia em grande. Um pastor alemão preto encontrou uma mãe e um bebé de apenas um ano que estavam desaparecidos há dois dias em Powys, no País de Gales.

"A mulher não era vista há dois dias e estava incontactável, o que era estranho, e o seu telefone não estava a funcionar. Naturalmente que a nossa preocupação era grande", disse o inspetor Jonathan Rees-Jones à BBC.

De acordo com a BBC, os dois foram encontrados numa ravina, numa zona remota de difícil acesso, enquanto Max liderava as operações de busca, acompanhado pelo seu treinador.

“O Max esteve sempre muito focado durante as longas buscas e provou ser inestimável”, disse o treinador do cão.

“Tenho de fazer uma menção especial ao Pete Lloyd e ao Max, que no seu primeiro dia conseguiram cobrir muitas milhas, acabando por encontrá-las em segurança”, disse o inspetor.

A mulher e a criança foram assistidas por uma equipa de médicos e ambas estão bem de saúde.

Lara Ferin