Um rapaz de dez anos está a ajudar a angariar dinheiro para vítimas feridas por queimaduras depois de ele próprio ter sofrido ferimentos graves nos pés enquanto caminhava na areia.

Will Tyler, de 10 anos, precisou de ser levado de urgência para um hospital após caminhar em cima de um local queimado por uma churrasqueira descartável esquecida pela família na praia de Formby, no Reino Unido.

O incidente ocorreu no ano passado durante um passeio com os pais Toby, 51, Claire, 44, e a irmã Lily, 12, por entre uma duna de areia remota.

O pai de Will teve que carregá-lo por 20 minutos para colocá-lo no carro e levá-lo rapidamente para o hospital. Um momento de pânico agudizado pelo facto de o pé do rapaz se assemelhar a “cera derretida”, como descreveu a família à imprensa britânica.

O menor passou nove dias no Hospital Infantil de Manchester e dependeu de uma cadeira de rodas para se mover após o incidente.

Embora agora seja capaz de andar sem ajuda, ele ainda usa meias de compressão 23 horas por dia para proteger as cicatrizes, bem como uma tala à noite.

Depois de recuperar, Will dedicou-se a angariar fundos para o centro de caridade onde foi assistido e que ajuda outros pacientes jovens como ele.

Até ao momento, o rapaz conseguiu angariar cerca de 900 euros para a caridade. 

Redação / HCL