A polícia da cidade britânica de Salisbury isolou um restaurante após ser chamada para um "incidente médico". Duas pessoas, um homem e uma mulher, sentiram-se sentido mal e o serviço de ambulâncias foi chamado, escreve a Reuters.

Recorde-se que, em março, Sergei e Yulia Skripal, o ex-espião russo e a filha, foram envenenados com o agente enervante, o Novichok, precisamente nesta cidade. E em julho, um casal britânico foi encontrado em estado crítico a 15 quilómetros desta cidadedepois de serem expostos ao mesmo agente enervante, o Novichok. A mulher acabou por morrer.

Por precaução, "o restaurante e a área envolvente foram isoladas e o trânsito cortado", avançou a polícia de Wiltshire, acrescentando que estão a ser "analisadas as circunstâncias ,do que poderá ter levado as duas pessoas a ficarem doentes".

 

No local, há diversos carros de polícia e equipas que, segundo várias testemunhas, recolhem indícios dentro e fora do restaurante.

Depois do caso de Sergei Skripal, esta não é a primeira vez que as autoridades isolam locais após algum incidente.