Uma mulher no Reino Unido deu à luz dois bebés ao mesmo tempo mas que foram concebidos com um intervalo de três semanas.

Rebecca Roberts deu à luz os chamados "super gémeos" em setembro, depois de passar por um tratamento de fertilidade.

Rebecca Roberts e o marido, Rhys, estavam a tentar conceber um bebé há mais de um ano quando decidiram recorrer a uma clínica de fertilidade em Bath, Inglaterra. Ela tomou então um medicamento para estimular a ovulação.

"No meu primeiro ciclo com aquele medicamentos, engravidei", contou Roberts à CBS News. Isso aconteceu em fevereiro de 2020.

Nas primeiras ecografias, tudo estava a correr bem e só havia um bebé. Mas quando fez a ecografia das 12 semanas de gravidez, os médicos perceberam que havia dois bebés e que não tinham sido concebidos ao mesmo tempo. 

"Fiquei em choque e quase desmaiei", contou a mãe. Passado o choque, Rebecca percebeu que esta era uma gravidez "incrível". "De repente eu tenho gémeos mas são uns gémeos raros e super especiais. Foi algo mágico."

Esta é, de facto, uma situação rara: não só porque dois óvulos foram libertados numa única ovulação como foram fertilizados em momentos diferentes e ambos foram viáveis. Os "super gémeos" estão, por isso, em diferentes estados de desenvolvimento. Neste caso, Noah nasceu claramente mais desenvolvido do que Rosalie.

Os gémeos nasceram em setembro e tiveram que ficar internados durante algum tempo. Rosalie só veio para casa em janeiro. Desde então, a mãe tem vindo a mostrar os gémeos especiais na sua conta de Instagram.