Actualizado às 11h55

O tempo já melhorou no Rio de Janeiro, apesar de ainda continuar a chover. O temporal que atingiu a região já fez 103 mortos e cerca de uma centena de feridos. As zonas mais afectadas, de acordo com o jornal «O Globo», são o Oeste e Norte do estado, especialmente as regiões perto do Centro da capital, e a cidade de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Entre os locais mais atingidos estão Niterói, com 48 vítimas, e a cidade do Rio, com 36 pessoas mortas, avança o site de informação «Estadão».

Maioria das vítimas habitava em encostas como no Morro dos Prazeres, em Santa Tereza, onde os deslizamentos mataram 14 pessoas. Segundo o mesmo jornal há, pelo menos, 1 410 desalojados.

O Estado do Rio de Janeiro registou um volume recorde de chuva para um único dia, como não havia há 44 anos. Em menos de um dia choveu mais do que o normal para todo o mês de Abril. A preocupação das autoridades vira-se agora para os morros cariocas, onde há perigos de desmoronamentos e pessoas retidas sobre escombros de derrocadas provocadas pelas enxurradas.