O drama dos rohingya





“Ninguém deveria viver assim, as pessoas estão a sofrer muito. São estranguladas lentamente. Não têm esperança no futuro e nenhum sítio para onde ir. Afeta-me mais do que pensava”.