Um homem de 44 anos foi detido, esta sexta-feira, no Sul de Manchester por ligações ao atentado terrorista de segunda-feira, indicou a polícia.

A detenção foi feita na região de Rusholme, na periferia de Manchester, tendo agora a polícia nove homens detidos por suspeitas de ligação ao ataque.

Todos eles foram detidos por suspeita de infrações que vão contra a lei de combate ao terrorismo em vigor.

Na segunda-feira, um homem britânico de origem líbia de 22 anos, nascido em Manchester, fez explodir uma bomba à saída de um concerto da cantora norte-americana Ariana Grande, na Manchester Arena.

O atentado fez 22 mortos e feriu mais de 50.