Pelo menos 21 jihadistas do grupo extremista Estado Islâmico (EI) foram hoje mortos numa série de ataques realizados pela aviação russa no norte da Síria, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Cerca de 130 ataques aéreos foram realizados nas últimas 24 horas pela força aérea russa, tendo como alvos a organização do Estado Islâmico na periferia das províncias de Alepo, Hama e Raqa”, no norte da Síria, indicou a OSDH, citada pela France-Presse.

A mesma organização referiu que os ataques resultaram na morte de pelo menos 21 jihadistas.

Em quase uma década, a guerra na Síria, desencadeada pela repressão de manifestações pró-democracia, fez mais de 387.00 mortos e milhões de deslocados.

/ CM