Um jovem de 25 anos morreu atropelado por um avião de passageiros que levantava voo do aeroporto mais movimentado da Rússia. As autoridades russas adiantam que o homem ter-se-á atravessado à frente do aparelho, na pista, quando fugia dos agentes que o acompanhavam, já que ia ser deportado.

O acidente aconteceu no aeroporto de Sheremetyevo, esta terça-feira. O avião envolvido, um Boeing 737 levantava voo para a ligação entre Moscovo e Atenas, na Grécia.

O cadáver só foi descoberto depois de a tripulação do avião ter alertado os meios do aeroporto para o incidente, já que acreditavam ter atingido um animal que se atravessara na pista.

O jovem, um cidadão arménio, tinha sido deportado de Espanha. Tinha acabado de sair do avião que o trouxera de Madrid para Moscovo. Aguardava por um voo que o levaria de Moscovo até Yerevan, a capital da Arménia. Fugiu aos agentes que o acompanhavam quando era colocado no autocarro que fazia o transporte de passageiros na pista.

O homem atravessou a porta de embarque, durante a entrada para o voo Moscovo-Yerevan dirigiu-se ao autocarro, mas rapidamente começou a correr pela pista, em vez de entrar no autocarro”, disse uma fonte oficial, citada pela agência noticiosa Interfax.

Durante o voo proveniente de Madrid, o homem começou uma luta. Depois da aterragem, a polícia foi chamada e deteve-o”, acrescentou a mesma fonte.

O avião aterrou em segurança em Atenas. Já no aeroporto grego, os funcionários descobriram danos na fuselagem e restos humanos no exterior do aparelho.

Em comunicado, citado pelo jornal The Independent, as autoridades federais russas anunciaram que estão a investigar as circunstâncias da morte do jovem. Estão também a ser investigadas de que forma é que foi colocada em causa a segurança do tráfego aéreo.