Um procurador russo pediu que os anúncios no Instagram da Dolce & Gabbana, em que pessoas do mesmo sexo aparecem a beijar-se, sejam banidos no país.

De acordo com a imprensa russa, Mikhail Romanov, membro do partido governante Rússia Unida, com assento em Duma (câmara baixa do parlamento), já apresentou uma reclamação sobre dois dos anúncios da marca de alta-costura italiana.

Ambos os vídeos fazem parte da campanha global da Dolce & Gabbana “Love is Love”, destinada à rede social Instagram, no período que antecedeu o dia dos namorados.

A gigante italiana recusou comentar o caso.

A 14 de maio, a assessoria de imprensa dos tribunais de São Petersburgo disse que o mesmo procurador já tinha apresentado uma queixa sobre a mesma temática.

[O vídeo] contém informação que vai contra os valores familiares e faz propaganda a relações sexuais não-tradicionais”, diz a reclamação.

As relações homossexuais são legais na Rússia, mas em 2013 foram criadas leis contra a disseminação de “propaganda sobre relações sexuais não-tradicionais”. Várias associações ativistas russas manifestaram-se contra a decisão por entenderem que fomenta a homofobia e podia aumentar os casos de violência contra homossexuais.

Nuno Mandeiro