Um homem não identificado abriu fogo na manhã desta segunda-feira na Universidade de Perm, na Rússia. Segundo a agência Associated Press, pelo menos seis pessoas foram mortas e mais de 20 sofreram ferimentos. O atirador, que era estudante na universidade, foi entretanto detido pela polícia, tendo sido transportado para o hospital depois de ter sido atingido a tiro.

O número de vítimas inicialmente avançado pelo hospital e pela universidade foi de oito, com a contagem a ser entretanto corrigida para seis.

De acordo com a universidade, alguns estudantes e professores tiveram de se barricar nas salas de aula e no auditório para se esconderem do ataque. Alguns deles utilizaram mesmo as janelas do edifício para escaparem, como mostram vídeos publicados nas redes sociais.

Mais tarde, segundo o Ministério do Interior da Rússia, o atirador, que era estudante naquela instituição, acabou por ser detido, sendo ferido durante o processo, sendo levado para o hospital.

O Comité de Investigação da Federação Russa abriu já um caso de investigação por múltiplos homicídios.

António Guimarães / Atualizada às 14:30