Um homem, de 39 anos, foi encontrado morto dentro de uma estátua de dinossauro em Santa Coloma de Gramenet, um subúrbio de Barcelona.

Um pai que passeava com o filho no local deu o alerta, no sábado, depois de sentir um forte cheiro que emanava da estátua, construída em papel maché, uma técnica que envolve papel e gesso.

Ao aproximar-se da estátua, espreitou por uma fenda e viu o corpo.

De acordo com as autoridades, o homem estava dado como desaparecido pela família.

A polícia adiantou também não haver suspeitas de crime.

Alguma imprensa local escreve que a vítima estaria a tentar recuperar o telemóvel quando caiu para dentro da estátua, tendo ficado pendurado de pernas para o ar e sem conseguir pedir ajuda.

As autoridades aguardam, agora, o resultado da autópsia para determinar a causa de morte.

Não foi explicado como o homem conseguiu entrar dentro da estátua.

No entanto, os bombeiros tiveram de cortar uma das pernas do dinossauro de papel para conseguir remover o corpo.

A estátua, que foi colocada naquele local para publicitar um cinema antigo, foi entretanto removida.

Redação / CM