Um homem foi baleado numa perna por um agente da Unidade de Protecção de Dirigentes de Estado (UPDE) por alegadamente estar a insultar um membro do governo de São Tomé e Príncipe, disse à Lusa o comandante geral da polícia Roldão Boa Morte.

O incidente ocorreu em Trindade, capital do distrito de Mé-zóchi, e o membro do governo envolvido é o secretário de Estado da Juventude, Abenildo Oliveira. Este domingo realiza-se a segunda volta das eleições presidenciais deste país.

Abenildo Oliveira foi interpelado na sua residência e o agente da UPDE terá disparado para proteger o membro do governo.
Redação / CP